March 8, 2018 / 6:06 PM / 7 months ago

Estoque de milho deve cair nos EUA com maior exportação e uso para etanol, diz USDA

WASHINGTON (Reuters) - A oferta de milho dos Estados Unidos será menor do que a esperada devido à forte demanda de exportação e à crescente produção de etanol, enquanto o já amplo estoque de soja deve aumentar ainda mais, disse o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, na sigla em inglês) nesta quinta-feira.

Milho sendo despejado em caminhão durante colheita em Dixon, Nebraska, EUA 26/01/2017 REUTERS/Lucas Jackson

As exportações de soja dos EUA enfrentam um aumento na competição com o Brasil, maior fornecedor do mundo. O governo aumentou sua previsão para a produção de soja brasileira em 1 milhão de toneladas e para a exportação em 1,5 milhões de toneladas.

Porém, reduziu a estimativa para a safra de soja da Argentina em 7 milhões de toneladas. Cortou também a previsão para a colheita de milho do país sul-americano em 3 milhões de toneladas, já que o tempo quente e seco diminuiu o potencial de rendimento da safra nas importantes áreas produtoras do país.

O USDA também inflou sua previsão para os estoques finais de trigo dos EUA, uma vez que a oferta local foi precificada a níveis elevados para competir no mercado de exportações.

No relatório de oferta e demanda deste mês, o USDA fixou o estoque final de milho dos EUA a 2,127 bilhões de bushels, abaixo dos 2,352 bilhões do mês passado e inferior ao piso das previsões do mercado obtidas em uma pesquisa da Reuters, que apontou um intervalo entre 2,240 bilhões e 2,352 bilhões de bushels.

O USDA aumentou sua estimativa para a exportação de milho norte-americana no ano-safra 2017/18 em 175 milhões de bushels, para 2,225 bilhões de bushels. Aumentou também sua estimativa para o uso de milho usado para etanol para 5,575 bilhões de bushels, de 5,525 bilhões de bushels anteriormente.

Os estoques finais domésticos de soja foram previstos em 555 milhões de bushels, mais 25 milhões de bushels sobre a previsão de fevereiro. A média de estimativas de analistas em pesquisa da Reuters para os estoques finais de soja foi de 530 milhões de bushels.

O USDA cortou sua previsão para a exportação de soja dos EUA para 2,065 bilhões de bushels, de 2,100 bilhões. Porém aumentou sua estimativa de esmagamento em 10 milhões de bushels, para 1,960 bilhões de bushels.

Os estoques finais de trigo dos EUA devem somar 1,034 bilhão de bushels, acima do 1,009 bilhão de fevereiro. O USDA diminuiu sua perspectiva para a exportação para 925 milhões de bushels, ante 950 milhões de bushels.

Na Argentina, a safra de milho deve ser de 36 milhões de toneladas e a de soja, de 47 milhões de toneladas. A colheita de soja do Brasil deve ser de 113 milhões de toneladas e a de milho, de 94,5 milhões de toneladas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below