April 4, 2018 / 10:56 PM / 5 months ago

Karoon mantém interesse na compra do campo de Baúna, da Petrobras

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A petroleira australiana Karoon afirmou em nota nesta quarta-feira que mantém seu interesse em comprar o campo de Baúna, em águas rasas da Bacia de Santos, da Petrobras, após a petroleira brasileira reofertar a área ao mercado.

Em outubro de 2016, a Petrobras chegou a anunciar ao mercado que estava em negociações com a australiana para a venda de participação nos campos de Baúna e de Tartaruga Verde.

No entanto, diversos fatores levaram ao cancelamento das negociações e a retirada da oferta do ativo ao mercado pela Petrobras.

Na terça-feira, a petroleira brasileira iniciou a etapa de divulgação da oportunidade de desinvestimento referente à venda da totalidade de sua participação em Baúna.

“Baúna continua sendo uma oportunidade de interesse para a Karoon e, devido à proximidade da posição de área existente da Karoon, ofereceria a possibilidade de sinergias operacionais relevantes”, disse a Karoon.

No passado, uma ação impetrada por um sindicato de petroleiros suspendeu o processo de venda de Baúna. Depois disso, a Petrobras cancelou a venda, alegando a desistência de uma possível parceira da Karoon, a também australiana Woodside Petroleum.

AVANÇOS NO BRASIL

A Karoon informou ainda nesta quarta-feira que apresentou à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o Relatório Final de Avaliação de Descoberta (RFDA) dos cinco blocos que detém na Bacia de Santos juntamente com Declaração de Comercialidade dos campos de Echidna e Kangaroo.

A expectativa da empresa é que o RFDA seja aprovado pela autarquia em 60 dias.

A companhia, como operadora, informou que apresentará um plano de desenvolvimento dentro de 180 dias após avaliação da declaração de comercialidade. A decisão final de investimentos está programada para o final de 2018.

“Embora a declaração de comercialidade seja em grande parte processual por natureza, este é um passo importante para se chegar a uma decisão final de investimento”, disse em nota à imprensa o diretor-executivo da Karoon, Robert Hosking.

A empresa ressaltou que a apresentação destes documentos, que ocorreu na terça-feira, marca o fim da fase exploratória destes campos, que dependem agora da aprovação da ANP para que haja o início da fase de desenvolvimento e produção.

A companhia também iniciou processo de licitação para serviços nestes campos.

Por Marta Nogueira

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below