April 5, 2018 / 2:17 PM / 7 months ago

Assessor de Trump diz que ações sobre comércio não se destinam a penalizar setores dos EUA

Assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow, durante entrevista em Nova York 07/03/2018 REUTERS/Brendan McDermid

WASHINGTON (Reuters) - As recentes ações comerciais do governo de Donald Trump em relação à China não pretendem penalizar nenhuma indústria ou os mercados, mas Pequim deve assumir a culpa por qualquer impacto na economia norte-americana, disse nesta quinta-feira o assessor econômico da Casa Branca, Larry Kudlow.

“Nossa intenção não é penalizar ninguém. Nossa intenção é abrir mercados e investimentos e reduzir barreiras —esse é o acordo”, disse Kudlow a repórteres na Casa Branca. “Qualquer dano à nossa economia vem das práticas restritivas da China ... culpem a China, não culpem Trump”.

Por Susan Heavey e Makini Brice

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below