May 17, 2018 / 5:07 PM / 6 months ago

Índices acionários europeus avançam com petróleo e acordo da Ocado

LONDRES (Reuters) - Os mercados acionários europeus avançaram nesta quinta-feira para nova máxima de três meses e meio com o avanço das ações de petróleo e o salto nos papéis da Ocado depois de a empresa de supermercado online firmar uma acordo de parceria nos Estados Unidos.

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,62 por cento, a 1.553 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,66 por cento, a 396 pontos.

O índice italiano subiu 0,3 por cento após fortes perdas na sessão anterior devido a preocupações de que um novo governo pudesse relaxar a disciplina fiscal.

Na quarta-feira, as ações italianas caíram mais de 2 por cento após o esboço de um programa da coalizão indicar que os partidos planejavam pedir que o Banco Central Europeu perdoasse 250 bilhões de euros da dívida italiana.

Embora os bancos italianos tenham ganhado quase 10 por cento até o momento no ano, o analista de mercado do Vertex Capital Group, Jasper Reimers, estava cauteloso em relação ao setor.

“Não apenas (bancos) italianos, há também os portugueses e espanhóis, as coisas sobre as quais estamos muito, muito pessimistas - não é algo em que gostaríamos de investir dinheiro a longo prazo”.

O supermercado online Ocado saltou 44 por cento depois que assinou um acordo com a varejista norte-americana Kroger para usar a tecnologia da Ocado em entregas de mantimentos no maior mercado do mundo.

A Altice avançou 12 por cento depois que sua unidade francesa mostrou os primeiros sinais de recuperação no primeiro trimestre, enquanto o grupo francês de água e resíduos Suez ganhou 3,1 por cento depois que maiores volumes de resíduos impulsionaram seu lucro principal nos primeiros três meses.

As ações de petróleo continuaram ganhando e levaram seu índice setorial a subir 1,5 por cento, para o maior fechamento desde julho de 2014. Grandes petrolíferas como Royal Dutch Shell, Total e BP subiram.

Os preços do petróleo foram acima de 80 dólares o barril pela primeira vez desde novembro de 2014 devido à preocupação de que as exportações iranianas possam cair por causa das novas sanções dos EUA, reduzindo a oferta em um mercado já apertado.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,70 por cento, a 7.787 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,91 por cento, a 13.114 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,98 por cento, a 5.621 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,29 por cento, a 23.801 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,04 por cento, a 10.216 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,02 por cento, a 5.753 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below