May 17, 2018 / 9:23 PM / 7 months ago

Petróleo Brent fecha estável após máxima desde 2014 acima de US$80 o barril

Bombas de pétroleo em Vaudoy-en-Brie, perto de Paris, na França 23/04/2018 REUTERS/Christian Hartmann

NOVA YORK (Reuters) - Os preços dos petróleo Brent escalaram acima dos 80 dólares o barril nesta quinta-feira pela primeira vez desde novembro de 2014, antes de recuarem pela força do dólar e aumento na produção dos Estados Unidos, fechando praticamente estáveis.

Um rápido declínio no fornecimento de petróleo da Venezuela, a preocupação de que as sanções dos EUA atrapalharão as exportações do Irã e a queda dos estoques globais se combinaram para elevar os preços do petróleo em quase 20 por cento em 2018.

O dólar dos EUA atingiu seu nível mais alto em quatro meses contra o iene, uma vez que o rendimento dos títulos do governo dos EUA atingiu uma máxima de sete anos.

Um dólar mais forte torna o petróleo mais caro para as nações importadoras, como as da Ásia, que devem pagar uma conta de um trilhão de dólares das suas importações este ano, com a demanda no continente atingindo um recorde.

Os futuros do petróleo Brent atingiram uma máxima da sessão de 80,50 dólares o barril, porém devolveram a maior parte dos ganhos para fechar em alta de 0,02 dólar, a 79,30 dólares por barril.

Já os futuros do petróleo dos EUA (WTI) ficaram inalterados a 71,49 dólares o barril, depois de mais cedo também tocarem sua máxima desde novembro de 2014 a 72,30 dólares o barril.

Por Jessica Resnick-Ault; Reportagem adicional por Henning Gloystein e Ron Bousso

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below