May 23, 2018 / 9:11 PM / 3 months ago

MP 814 era condição básica para privatização da Eletrobras, diz CEO

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A aprovação da medida provisória 814/17, sobre a Eletrobras, era uma “condição básica” para viabilizar a privatização da estatal, prometida pelo governo para este ano, disse nesta quarta-feira o presidente da companhia, Wilson Ferreira.

Presidente-executivo da Eletrobras, Wilson Ferreira 27/03/2018 REUTERS/Ueslei Marcelino

Ele ainda que admitiu “frustração” com a decisão anunciada na véspera pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de não levar adiante a votação da matéria.

“Óbvio que a companhia tem um desafio extraordinário, que ficou frustrado, de alguma maneira, pelo menos de ontem para hoje”, afirmou, ao participar do Enase, evento do setor elétrico no Rio de Janeiro.

Ferreira afirmou ainda que está em contato com o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, e que ambos têm tratado o tema como uma “emergência”, em busca de soluções para que a desestatização possa ser realizada.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below