August 20, 2018 / 1:50 PM / a month ago

Pragas e chuva escassa devem reduzir exportação de algodão da Índia, diz associação

MUMBAI (Reuters) - A Índia deve exportar 7 milhões de fardos de algodão em 2018/19, 30 por cento abaixo de uma estimativa anterior, já que escassas chuvas e um ataque de lagartas rosadas provavelmente pressionarão o rendimento das colheitas, disse um importante órgão de comércio à Reuters.

Funcionário joga água em pilha de algodão em Kadi, Índia 05/04/2018 REUTERS/Amit Dave

Os embarques menores pelo maior produtor mundial da fibra em meio à crescente demanda da China, maior consumidor, poderão sustentar os preços globais do algodão, que nesta segunda-feira estavam sendo negociados perto do nível mais baixo em quatro meses.

Uma queda na área de plantio e o ataque de pragas limitarão as vendas no exterior a 7 milhões de fardos no ano de comercialização a partir de 1º de outubro, abaixo dos 7,2 milhões de fardos no ano agrícola atual, disse Atul Ganatra, presidente da Associação de Algodão da Índia.

“Em Gujarat e Maharashtra, as chuvas foram mais baixas do que o normal. Em alguns locais, ataques de lagartas rosadas também foram registrados”, disse Ganatra, que previu exportações de 10 milhões de fardos em junho.

Os Estados ocidentais de Gujarat e Maharashtra, na Índia, respondem por mais da metade da produção total de algodão do país.

Por Rajendra Jadhav

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below