August 23, 2018 / 4:57 PM / a month ago

Ações europeias caem com temores sobre guerra comercial

SÃO PAULO (Reuters) - Os mercados acionários na Europa recuaram nesta quinta-feira depois que o último round de tarifas entre Estados Unidos e China prejudicou ações de montadoras, sensíveis ao comércio, e a confiança sofreu com a queda dos índices de Wall Street.

REUTERS/Staff/Remote

O índice FTSEurofirst 300 caiu 0,18 por cento, a 1.500 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,17 por cento, a 383 pontos, com a maioria das bolsas europeias registrando apenas perdas modestas.

Os Estados Unidos e a China implementaram tarifas de 25 por cento sobre 16 bilhões de dólares em produtos de ambos, elevando a 50 bilhões de dólares o valor total de importações sujeitas a tarifas desde o início de julho, com mais a caminho.

Ações de montadoras tiveram a pior performance pelo segundo dia e recuaram cerca de 1,5 por cento.

Na véspera, um alerta surpresa sobre lucros da fabricante de pneus Continental derrubaram as ações e atingiram o setor, um dos mais impactados por temores de tarifas.

A Continental caiu outros 4,29 por cento, no piso do DAX, levando suas perdas a cerca de 15 por cento desde a abertura da sessão anterior.

Os papéis das montadoras Daimler, BMW e Volkswagen caíram de 0,6 a 1,6 por cento, enquanto Peugeot, Michelin e Renault tiveram as maiores quedas do CAC 40 com retração de 3,21; 2,25; e 1,82 por cento, respectivamente.

“Não testemunhamos, ou ainda não, uma evaporação repentina do apetite por risco, como aconteceu, por exemplo, depois do verão de 2015 (no Hemisfério Norte), na última vez que a saúde da economia mundial estava verdadeiramente em debate”, disseram economistas da ODDO BHF.

“Correções e turbulência nos meses e semanas recentes têm sido bem localizadas, tanto no espaço quanto no tempo.”

Forte crescimento dos resultados é parte do que está preservando o mercado. Com a temporada de balanços do segundo trimestre chegando ao fim, empresas do MSCI Europa divulgaram aumento de 10,9 por cento nos resultados em relação ao mesmo período do ano anterior.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,15 por cento, a 7.563 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,03 por cento, a 12.373 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,02 por cento, a 5.419 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,44 por cento, a 20.608 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,13 por cento, a 9.567 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,48 por cento, a 5.490 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below