August 31, 2018 / 6:24 PM / 21 days ago

Governo prevê despesas discricionárias de R$102,5 bi em 2019, queda de R$10,6 bi sobre 2018

BRASÍLIA (Reuters) - O governo previu que as despesas discricionárias, aquelas que são passíveis de corte, somarão 102,467 bilhões de reais no ano que vem, queda de 10,583 bilhões de reais sobre 2018, fortemente pressionadas pelo crescimento das despesas obrigatórias, como previdenciárias e ligadas à folha de pagamento.

Os números constam em projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2019, divulgado nesta sexta-feira pelos ministérios da Fazenda e do Planejamento. No documento, o governo considerou um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 2,5 por cento no ano que vem, alta da inflação de 4,25 por cento e um salário mínimo de 1.006 reais.

Também manteve a meta já indicada na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de um déficit primário de 139 bilhões de reais para o governo central, projetando que será composto por um rombo de 218 bilhões de reais para a Previdência e um superávit de 79 bilhões de reais para Tesouro Nacional.

Por Marcela Ayres

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below