August 31, 2018 / 6:39 PM / 2 months ago

Importação de petróleo do Irã pela Ásia atinge máxima de 10 meses

TÓQUIO (Reuters) - As importações iranianas de petróleo por grandes compradores na Ásia atingiram uma máxima de 10 meses em julho, já que apenas a Coreia do Sul diminuiu as suas aquisições antes da efetivação das sanções dos Estados Unidos sobre Teerã, mostraram dados do governo e de rastreamento de navios.

Plataforma de produção de petróleo nos campos de Soroush, no Golfo Pérsico, no Irã 25/07/2005 REUTERS/Raheb Homavandi

A China, a Índia, o Japão e a Coreia do Sul importaram 1,87 milhão de barris por dia (bpd) do Irã no mês passado, de acordo com os dados. Isso foi uma alta de 23,3 por cento na comparação anual e a máxima desde setembro do ano passado.

Porém, as compras de óleo iraniano dos quatro asiáticos devem cair significativamente nos próximos meses, com as sanções dos EUA sobre as exportações do país entrando em vigor no dia 4 de novembro.

Washington pediu que os compradores da commodity iraniana zerassem as suas importações até tal data para forçar Teerã a negociar um novo acordo nuclear que limitaria a sua influência no Oriente Médio.

As exportações iranianas de petróleo e condensados em agosto devem cair para menos de 70 milhões de barris pela primeira vez desde abril de 2017, mostraram dados preliminares de fluxo comercial.

Por Osamu Tsukimori

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below