August 31, 2018 / 10:44 PM / 24 days ago

EUA vão avançar com acordo comercial com México e continuar conversando com Canadá

WASHINGTON/TORONTO (Reuters) - O presidente dos EUA, Donald Trump, notificou o Congresso nesta sexta-feira de sua intenção de assinar um acordo comercial com o México, depois que as negociações com o Canadá desmoronaram na sexta-feira, sem nenhum acordo imediato para atualizar o Tratado de Livre Comércio da América do Norte.

Presidente dos EUA, Donald Trump 31/08/2018 REUTERS/Yuri Gripas

O representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, disse que autoridades norte-americanas retomarão as conversas com suas contrapartes canadenses na próxima quarta-feira, com o objetivo de obter um acordo que os três países possam assinar.

Todos os três países têm enfatizado a importância do Nafta, o abrange bilhões de dólares em comércio regional, e um acordo bilateral entre os Estados Unidos e o México na segunda-feira pavimentou o caminho para o Canadá voltar às negociações esta semana.

Mas na sexta-feira o clima azedou, parcialmente por comentários feitos “em off” por Trump para a Bloomberg News de que qualquer acordo comercial com o Canadá ocorreria “totalmente em nossos termos”. Mais tarde ele confirmou os comentários, divulgados primeiro pelo Toronto Star.

“Ao menos o Canadá conhece a minha posição”, disse ele mais tarde no Twitter.

Ottawa resistiu firme a assinar “um acordo qualquer”.

O dólar canadense CAD= se desvalorizou para C$1,3081 por dólar norte-americano depois que o Wall Street Journal divulgou que as negociações do Nafta terminaram nesta sexta-feira sem acordo. As ações canadenses .GSPTSE recuavam 0,5 por cento.

Lighthizer se recusou a ceder, apesar de repetidos esforços da ministra das Relações Exteriores do Canadá, Chrystia Freeland, de oferecer algumas concessões em laticínios para manter um mecanismo de resolução independente de disputas comerciais no Nafta, informou o Globe and Mail.

Uma das questões para o Canadá na revisão do acordo é o esforço dos EUA de abandonar o mecanismo de solução de controvérsias do Capítulo 19, que impede os Estados Unidos de investigar casos de subsídio ou dumping. O representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer, disse na segunda-feira que o México concordou em eliminar o mecanismo.

Mas Freeland disse mais cedo na sexta-feira que sua equipe “ainda não chegou lá” na solução de grandes diferenças.

“Estamos procurando por um bom acordo e não um acordo qualquer. E só vamos concordar com um acordo que seja um bom acordo para o Canadá”, disse Freeland a repórteres.

Trump argumenta que as altas tarifas do Canadá sobre produtos lácteos prejudicam fazendeiros dos EUA, uma importante base política de seu Partido Republicano. Mas produtores de laticínios também possuem forte influência política no Canadá, e concessões poderiam prejudicar os liberais que comandam o governo antes da eleição federal de 2019.

Em um discurso na Carolina do Norte, Trump deu mais uma estocada no Canadá. “Eu amo o Canadá, mas eles levaram vantagem sobre o nosso país por muitos anos”, disse ele.

Reportagem adicional de David Lawder em Washington, Veronica Gomez na Cidade do México e Allison Lampert em Montreal

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below