September 3, 2018 / 10:08 AM / 22 days ago

Crescimento da indústria da China desacelera para mínima de 14 meses, mostra PMI do Caixin

PEQUIM (Reuters) - A atividade industrial da China cresceu no ritmo mais lento em mais de um ano em agosto, com as encomendas para exportação encolhendo pelo quinto mês e as empresas reduzindo o número de funcionários, mostrou nesta segunda-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit.

Funcionários trabalham em fábrica em Dongguan, na China 29/08/2018 REUTERS/Stringer

O resultado reforça as visões de desaceleração da economia chinesa nos próximos meses, conforme os Estados Unidos ampliam as tarifas sobre os produtos da China.

O PMI de indústria do Caixin/Markit caiu a 50,6 em agosto ante 50,8 em julho, igualando as expectativas de economistas.

Embora o indicador tenha permanecido acima da marca de 50 que separa crescimento de contração pelo 15º mês seguido, foi o resultado mais fraco desde junho de 2017. A produção mostrou ligeira melhora, mas a maioria dos subíndices restantes foi fraco.

“O setor industrial continua a enfraquecer em meio à demanda fraca, embora o lado da oferta ainda esteja estável...Não acho que essa oferta estável possa ser sustentada em meio à demanda fraca”, disse Zhengsheng Zhong, diretor de análise macroeconômica do CEBM Group, em nota junto com a pesquisa,

As encomendas para exportação, indicador de atividade futura, contraíram pelo período mais longo desde a primeira metade de 2016, mostrou o PMI. O subíndice foi a 48,8 em agosto, sobre 48,4 em julho.

Reportagem de Elias Glenn

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below