September 3, 2018 / 1:39 PM / 2 months ago

Presidente da Argentina diz que pedirá mais a exportadores para ajudar no fiscal

Presidente da Argentina, Mauricio Macri, durante coletiva de imprensa em Buenos Aires 18/07/2018 REUTERS/Marcos Brindicci

BUENOS AIRES (Reuters) - O presidente da Argentina, Mauricio Macri, disse nesta segunda-feira que o governo vai pedir aos exportadores, que se beneficiaram da acentuada depreciação do peso, que contribuam mais para as contas fiscais do país, uma vez que visa reduzir seu déficit orçamentário.

Em discurso na televisão, Macri não especificou quais medidas o governo tomaria, mas disse que enquanto os impostos de exportação são “um imposto ruim”, o momento atual é uma “emergência”. Espera-se que o ministro da Economia, Nicolas Dujovne, anuncie detalhes sobre as mudanças na política ainda nesta segunda-feira.

O Ministério da Agricultura informou que decidiu modificar os impostos de exportação de grãos, sementes oleaginosas e seus subprodutos. A Argentina é o maior exportador mundial de farelo de soja e óleo de soja e exportador líder de milho, trigo e soja crua.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below