September 4, 2018 / 10:12 PM / 15 days ago

Economistas projetam contração maior para Argentina, mostra pesquisa do banco central

BUENOS AIRES (Reuters) - Economistas esperam que o Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina recue 1,9 por cento neste ano, comparado a uma estimativa anterior de contração de 0,3 por cento, segundo a mediana de previsões de uma pesquisa do banco central publicada nesta terça-feira.

A inflação em 2018 é vista agora com uma alta de 40,3 por cento, ante 31,8 por cento na pesquisa do mês passado. O peso deve desvalorizar para 41,9 por dólar no fim do ano, contra 30,5 previamente, mostrou a pesquisa de 41 economistas.

Nesta semana, o presidente argentino, Mauricio Macri, anunciou medidas de austeridade com o objetivo de equilibrar o Orçamento do ano que vem para recuperar confiança na habilidade do país de pagar sua dívida.

Reportagem de Maximiliano Heath

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below