September 11, 2018 / 8:56 PM / 12 days ago

Banco central argentino mantém taxa de juros em 60%

BUENOS AIRES (Reuters) - O Banco Central da Argentina (BCRA) disse nesta terça-feira que manteve sua taxa de política monetária em 60 por cento, com o compromisso de não reduzi-la pelo menos até dezembro, dada a pressão inflacionária que sofre o país.

Pessoas passam pela sede do Banco Central da Argentina em Buenos Aires, Argentina 30/08/2018 REUTERS/Marcos Brindicci

No início de agosto, a instituição resolveu definir a taxa das Letras de Liquidez ‘LELIQ’, a sete dias, como sua nova taxa de política monetária.

“Para garantir que as condições monetárias mantenham seu viés contracionista, o Comitê de Política Monetária (Copom) se compromete a não diminuir o valor de sua taxa de política monetária pelo menos até o mês de dezembro”, disse a instituição em comunicado.

O Copom se compromete a seguir monitorando o comportamento da inflação nos próximos meses, decidido a introduzir ações corretivas, no caso de serem necessárias, para atingir suas metas, acrescentou.

Reportagem de Walter Bianchi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below