September 12, 2018 / 2:07 PM / 13 days ago

Aço e minério de ferro ampliam perdas na China mirando cortes de oferta flexíveis

MANILA (Reuters) - Os preços do aço e de suas matérias-primas, como o minério de ferro, ampliaram quedas na China nesta quarta-feira, na segunda sessão consecutiva de perdas, tocando mínimas em semanas, conforme mais investidores liquidaram posições por riscos de sobreoferta à medida que Pequim avalia a implementação de alguma flexibilidade em suas determinações para corte de produção.

A China está considerando permitir que províncias ao norte do país decidam sobre cortes individuais de produção por grandes indústrias para conter emissões durante o inverno, disse uma fonte envolvida com o plano na terça-feira.

Isso se oporia a um plano inicial que exigia cortes de 50 por cento na produção de aço e de 30 por cento na de alumínio primário em algumas áreas, similar aos adotados no ano passado.

O contrato mais negociado do vergalhão de aço na bolsa de Xangai, para janeiro, fechou em queda de 2,7 por cento, a 4.050 iuanes (589 dólares) por tonelada, após chegar a cair para 3.993 iuanes mais cedo, o menor nível desde 6 de agosto.

Os futuros do minério de ferro na bolsa de Dalian recuaram 0,7 por cento, para 492 iuanes, enquanto os futuros do coque chegaram a cair 4,7 por cento, tocando mínima desde 30 de julho, antes de fecharem em baixa de 3,8 por cento, a 2.241 iuanes.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below