September 12, 2018 / 6:13 PM / 2 months ago

USDA eleva previsão de safra de milho dos EUA; vê recorde para soja

CHICAGO (Reuters) - A previsão de safra de milho dos Estados Unidos 2018/19 foi elevada surpreendentemente nesta quarta-feira para 14,827 bilhões de bushels (376,62 milhões de toneladas), ante 14,586 bilhões de bushels na previsão anterior, com o Departamento de Agricultura norte-americano (USDA) vendo produtividades recordes em alguns Estados.

Plantação de milho em Defiance, Iowa, EUA 28/10/2017 REUTERS/Lucas Jackson

A projeção ficou acima da expectativa do mercado, de 14,529 bilhões de bushels, o que resultou em uma queda acentuada nas cotações na bolsa de Chicago.

O USDA estimou produtividades recordes para o milho em importantes áreas produtoras, como Illinois, Iowa, Nebraska e Indiana. O rendimento médio foi estimado em 181,3 bushels por acre.

O órgão do governo também elevou a safra de soja dos EUA 2018/19 para um recorde de 4,693 bilhões de bushels (ou 127,73 milhões de toneladas), ante 4,586 bilhões na previsão anterior, enquanto o mercado esperava 4,649 bilhões de bushels —a produtividade média da oleaginosa foi vista em recorde de 52,8 bushels por acre.

O USDA ainda manteve as estimativas de safras de soja e milho do Brasil em 2018/19 em 120,50 milhões de toneladas e 94,50 milhões de toneladas, respectivamente.

Os EUA, maiores produtores globais de soja e milho, colhem a safra 18/19 neste ano, enquanto o Brasil (maior exportador de soja) vai começar a plantar os grãos desta temporada em setembro.

ESTOQUES

O USDA disse que os suprimentos dos EUA inflariam com a grande safra, com os estoques domésticos finais de soja para a temporada 2018/19 chegando a 845 milhões de bushels, acima tanto dos estoques finais de 395 milhões do ano passado e da previsão de agosto para 2018/19, de 785 milhões de bushels.

O USDA estimou os estoques finais de milho a 1,774 bilhão de bushels, ante a projeção anterior de 1,684 bilhão de bushels.

A previsão para a produção de trigo da Rússia aumentou em 3 milhões de toneladas, para 71 milhões de toneladas.

O USDA manteve a sua estimativa de que as exportações de soja fiquem estáveis a 2,070 bilhões de bushels, apesar da atual guerra comercial entre os EUA e a China.

A agência reduziu a sua previsão para as importações chinesas da oleaginosa para 94 milhões de toneladas, ante 95 milhões. No começo do dia, a China cortou a sua estimativa de importações de soja em 2018/19 para 83,65 milhões de toneladas.

Por Mark Weinraub

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below