September 17, 2018 / 9:12 PM / 3 months ago

Wall Street recua antes de anúncio de Trump sobre tarifas

NEW YORK (Reuters) - As bolsas dos EUA caíram nesta segunda-feira, lideradas por recuos dos papeis de tecnologia e consumo discricionário, com investidores de olho no anúncio do presidente Donald Trump de tarifas sobre 200 bilhões de dólares em importações chinesas.

Os três maiores índices acionários norte-americanos terminaram em baixa, com o Nasdaq de tecnologia pesada alcançando sua pior perda percentual desde o fim de julho.

O índice Dow Jones caiu 0,35 por cento, a 26.062 pontos, enquanto o S&P 500 perdeu 0,556975 por cento, a 2.889 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq recuou 1,43 por cento, a 7.896 pontos.

Wall Street ampliou as perdas antes do anúncio de tarifas, após Trump afirmar que acredita que o déficit comercial dos EUA com a China era muito grande, começando sua fala com “não podemos mais fazer isso”.

Mais cedo, a China prometeu que não irá ficar na defensiva na crescente disputa comercial, colocando mais combustível às tensões.

“Essa é a sexta ou sétima vez que falamos a respeito dessa rodada de discussões sobre tarifas especificamente”, disse o gerente de portfólio da Kingsview Asset Management, Paul Nolte. “Enquanto Trump estiver confortável subindo tarifas, ele acreditará que está ganhando.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below