September 19, 2018 / 2:26 PM / 3 months ago

Bovespa ensaia melhora com Vale em meio a volatilidade eleitoral

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa ensaiava melhora no começo da tarde desta quarta-feira, ajudado pelo avanço de 2 por cento das ações da Vale, embora o pregão siga volátil em razão das incertezas em relação à corrida presidencial, com pesquisa Ibope ocupando as atenções dos agentes financeiros nesta sessão.

10/09/2015. REUTERS/Paulo Whitaker

Às 12:15, o principal índice de ações da B3 subia 0,23 por cento, a 78.490,58 pontos. Mais cedo, na mínima, o Ibovespa caiu 0,88 por cento.

O volume financeiro somava 3,3 bilhões de reais.

Pesquisa Ibope divulgada na noite de terça-feira mostrou que o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, continua na liderança, agora com 28 por cento das intenções de voto, enquanto o petista Fernando Haddad cresceu 11 pontos em relação à pesquisa anterior, chegando a 19 por cento.

Na visão da equipe da corretora Brasil Plural, a pesquisa sinaliza que um cenário de segundo turno entre os candidatos do PSL e do PT está se consolidando.

A equipe de estratégia e análise da XP Investimentos também avalia ser provável uma disputa entre Bolsonaro e Haddad no segundo turno, com resultado ainda indefinido. “Esperamos volatilidade ao longo das próximas semanas, o cenário de segundo turno está longe de ser definido, e a rejeição de Bolsonaro é o maior desafio para o mercado”, disse em nota a clientes.

Ainda na cena local, também está no radar decisão de política monetária do Banco Central, prevista para após o fechamento da bolsa, com expectativa majoritária de estabilidade da taxa Selic na mínima recorde de 6,5 por cento ao ano.

O foco está voltado para o comunicado que acompanha a decisão, principalmente porque a próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), nos dia 30 e 31 de outubro, ocorrerá com novo presidente eleito.

No exterior, praças acionárias não mostravam uma tendência firme, com as questões comerciais entre Estados Unidos e China ainda no radar de investidores, embora expectativas de novos estímulos econômicos por Pequim fornecessem algum suporte para mercados emergentes.

DESTAQUES

- VALE subia 2,3 por cento, puxando os ganhos do Ibovespa, em um movimento que acompanha outras mineradoras no exterior diante de expectativas de novos estímulos na China. USIMINAS PNA avançava 3,25 por cento, capitaneando os ganhos do setor siderúrgico no índice.

- PETROBRAS PN avançava 0,44 por cento, na quarta alta seguida, em sessão sem viés claro para o preço do petróleo no mercado internacional, enquanto a corrida eleitoral também segue influenciando apostas no papel.

- ITAÚ UNIBANCO PN subia 0,32 por cento, abandonando fraqueza registrada mais cedo, assim como BRADESCO PN, que operava praticamente estável. SANTANDER BRASIL UNIT ainda mantinha viés negativo, com queda de 0,73 por cento, e BANCO DO BRASIL recuava 0,17 por cento.

- MAGAZINE LUIZA caía 2,33 por cento, entre as maiores quedas do Ibovespa, enquanto concorrentes apresentaram melhora, com B2W avançando 4 por cento e VIA VAREJO UNIT subia 1,35 por cento.

- ELETROBRAS PNB recuava 3,85 por cento na ponta negativa do Ibovespa, após os papéis da elétrica de controle estatal valorizarem-se 8,4 por cento nos dois pregões anteriores.

Por Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below