September 27, 2018 / 1:54 PM / 3 months ago

Leilão de ativos da Eletrobras começa com lotes vazios e pouca disputa

Linhas de transmissão de energia em Brasília, Distrito Federal 31/08/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

SÃO PAULO (Reuters) - Um leilão da estatal Eletrobras para a venda de fatias em usinas eólicas e linhas de transmissão nesta quinta-feira começou com baixa disputa —após a oferta de mais da metade dos 18 lotes do leilão, sete não receberam proposta e seis foram arrematados sem ágio, enquanto apenas um atraiu competição.

Os ativos vendidos pela companhia até o momento foram comprados pela Serra das Vacas Participações, por 66,7 milhões de reais (lote C); J. Malucelli, por 171,3 milhões de reais (lote F); Brennand Energia, por 232,59 milhões (lote H); e Equatorial, por 277,48 milhões (lote I).

O lote J ficou com a Copel, por 105 milhões de reais, e foi o primeiro a atrair competição no certame, ao receber três propostas e registrar ágio de 20,35 por cento.

A Alupar Investimento arrematou o lote K, por 109,5 milhões de reais, e a Taesa, o L, por 77,99 milhões de reais, ambos sem ágio.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below