October 2, 2018 / 12:59 PM / 18 days ago

Conselho paulista cita "incerteza" causada por liminar para suspender leilão da Cesp

SÃO PAULO (Reuters) - O Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização de São Paulo (CDPED) decidiu recomendar o adiamento do leilão de privatização da elétrica paulista Cesp, que ocorreria nesta terça-feira, devido à “incerteza” gerada por uma decisão liminar da semana passada que chegou a suspender a licitação, segundo ata de reunião do colegiado publicada nesta terça-feira.

A Cesp comunicou na noite de segunda-feira que o leilão foi adiado para 19 de outubro, mesmo após o governo paulista conseguir cassar a liminar, sem citar os motivos para a decisão por uma nova data.

Na véspera do certame, especialistas apontavam que incertezas regulatórias e políticas em meio a uma acirrada disputa nas eleições à Presidência no país vinham reduzindo o interesse de investidores pela Cesp e poderiam levar a um leilão pela companhia sem nenhuma proposta ou com apenas um participante.

Segundo ata da reunião do CDPED, o adiamento foi sugerido pelo secretário da Fazenda paulista, Luiz Claudio Rodrigues de Carvalho, que argumentou haver “incerteza gerada no mercado pela concessão de liminar.... em que pese o esforço bem-sucedido de suspensão da decisão judicial”.

De acordo com a ata, publicada no Diário Oficial do Estado, a recomendação foi encaminhada ao governador Márcio França, responsável pela decisão final de suspender o certame.

Por Luciano Costa

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below