October 4, 2018 / 4:40 PM / 2 months ago

Índices sofrem maior queda em 1 mês após elevação de rendimentos de títulos

MILÃO (Reuters) - Os índices acionários europeus sofreram sua maior queda em um mês nesta quinta-feira, com os mercados acionários globais sob pressão devido à elevação dos rendimentos dos títulos.

Moeda de euro em foto ilustrativa 16/03/2016 REUTERS/Phil Noble/Illustration

O índice FTSEurofirst 300 caiu 1,02 por cento, a 1.491 pontos, enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 1,08 por cento, a 380 pontos.

Na quarta-feira, dados mostraram que a atividade no setor de serviços dos Estados Unidos atingiu um pico de 21 anos em setembro, elevando os rendimentos dos Treasuries para o maior nível desde meados de 2011. Isso também impulsionou os rendimentos dos títulos da zona do euro nesta quinta-feira.

“Os rendimentos dos Treasuries geralmente são vistos como livre de riscos para investimento, então um aumento tende a ser negativo para as outras classes de ativos, incluindo o mercado de ações”, disse Russ Mould, diretor de investimentos da AJ Bell.

Empresas defensivas foram afetadas pela perspectiva de aumento dos rendimentos, o que tornaram seus fluxos de dividendos estáveis menos atraentes.

As ações das empresas europeias de produtos de luxo também ficaram entre as de pior desempenho, devido às preocupações persistentes sobre a desaceleração na China.

A francesa Kering caiu 5,4 por cento, enquanto a rival LVMH recuou 4,9 por cento e a britânica Burberry teve queda de 5,6 por cento.

Em contraste, as ações financeiras se beneficiaram dos juros crescentes e dos rendimentos dos títulos, já que eles ajudam os bancos a obter margens mais altas em seus negócios tradicionais de empréstimos.

Os bancos alemães Commerzbank e Deutsche Bank subiram 3,5 e 1,5 por cento, respectivamente, à medida que os rendimentos dos títulos de 10 anos da Alemanha atingiram a máxima quatro meses e meio.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 1,22 por cento, a 7.418 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,56 por cento, a 12.211 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,47 por cento, a 5.410 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,59 por cento, a 20.612 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,50 por cento, a 9.314 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,76 por cento, a 5.254 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below