October 8, 2018 / 10:19 AM / 8 days ago

Setor de serviços da China expande em setembro mas empresas cortam empregos

PEQUIM (Reuters) - O setor de serviços da China cresceu no ritmo mais forte em três meses em setembro devido à melhora da demanda, mostrou nesta segunda-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do Caixin/Markit, embora o sentimento tenha piorado conforme as empresas começaram a cortar empregos após dois anos de expansão.

Restaurante em Xangai, na China 18/10/2018 REUTERS/Aly Song

O PMI de serviços do Caixin/Markit subiu para 53,1 em setembro de 51,5 em agosto, permanecendo acima do nível de 50 que separa crescimento de contração.

O PMI oficial do setor de serviços para o mês passado publicado em 30 de setembro também indicou expansão contínua, o que analistas dizem ter sido provocado em grande parte pelo salto na construção, em um sinal de que o afrouxamento fiscal do governo pode estar ganhando tração.

A pesquisa desta segunda-feira mostrou que a maior parte da aceleração veio da alta nas novas encomendas, com o subíndice subindo no ritmo mais forte em três meses ao atingir 52,4, de 51,7 em agosto.

Entretanto, o subíndice de emprego caiu a 49 em setembro, marcando a primeira contração desde julho de 2016 e o nível mais baixo desde março daquele ano.

Reportagem de Yawen Chen e Joseph Campbell

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below