October 8, 2018 / 1:24 PM / 2 months ago

Matérias-primas siderúrgicas avançam na China com perspectiva de menor oferta

Funcionário trabalha em indústria siderúrgica em Dalian, na China 29/09/2018 REUTERS/Stringer

PEQUIM (Reuters) - Os preços de matérias-primas siderúrgicas chegaram a saltar quase 6 por cento na China nesta segunda-feira, com o coque subindo mais de 4 por cento, impulsionado por preocupações com a oferta mais apertada em meio à desaceleração da produção após um longo feriado público.

A cidade de Handan, na província de Hebei, emitiu durante o feriado um plano de redução na produção para o inverno (no Hemisfério Norte), dizendo que as restrições às indústrias pesadas vão de 1º de novembro a 31 de março de 2019. Isso seria um mês a mais do que o observado no inverno anterior.

O contrato de carvão metalúrgico mais ativo na Bolsa de Dalian, para janeiro, subiu 5,9 por cento, para 1.332 iuanes (193 dólares), o maior nível desde 23 de agosto.

Os futuros do coque para janeiro subiram 4,2 por cento, para 2.331,50 iuanes por tonelada.

Também em Dalian, os futuros do minério de ferro ganharam 1 por cento, para 498 iuanes por tonelada.

Em paralelo, os contratos do vergalhão de aço na Bolsa de Futuros de Xangai fecharam em alta de 0,7 por cento, a 3.971 iuanes por tonelada, recuperando-se das perdas iniciais.

Por Muyu Xu e Dominique Patton

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below