October 8, 2018 / 1:39 PM / 2 months ago

China vai aumentar restituição de impostos de exportação a partir de 1º de novembro

Bandeira da China é vista na província de Shandong 08/06/2018 REUTERS/Aly Song - RC1ADDD00290

PEQUIM (Reuters) - A China aumentará a restituição de impostos de exportação a partir de 1º de novembro e acelerará seus pagamentos para apoiar o comércio exterior, informou o gabinete nesta segunda-feira, à medida que a disputa comercial com os Estados Unidos se intensifica.

O aumento da restituição nos impostos de exportação “ajudará a reduzir os custos da economia real, ajudará a lidar com a complexa situação internacional e manterá o crescimento estável do comércio exterior”, disse o gabinete depois de uma reunião regular.

A medida está em linha com as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC), afirmou o gabinete.

O desconto fiscal será elevado para 16 por cento para as exportações que atualmente recebem um desconto de 15 ou 13 por cento, disse o gabinete.

O desconto será de 10 por cento para as exportações que atualmente recebem um desconto de 9 por cento, embora esta porcentagem possa ser elevada para 13 por cento em alguns casos, afirmou o gabinete.

O desconto subirá para 6 por cento para as exportações que atualmente recebem um desconto de 5 por cento, embora, para alguns, possa ser elevado para 10 por cento.

Os governos locais também vão acelerar a emissão de títulos especiais para redesenvolvimento de favelas, informou o gabinete depois de uma reunião regular.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below