October 9, 2018 / 2:46 PM / 9 days ago

Plantio de soja e milho no Paraná perde ritmo após chuva, mas ainda supera 2017/18

SÃO PAULO (Reuters) - O plantio de soja e milho no Paraná, o segundo maior produtor nacional de ambas as culturas, perdeu ritmo na última semana devido a chuvas em excesso, embora os trabalhos continuem adiantados na comparação anual, informou nesta terça-feira o Departamento de Economia Rural (Deral).

Grãos de soja em indústria na cidade de Primavera do Leste, Mato Grosso, Brasil 06/02/2013 REUTERS/Paulo Whitaker

A semeadura de soja atingia 38 por cento dos quase 5,5 milhões de hectares que devem ser ocupados pela oleaginosa na safra 2018/19 no Estado, um avanço semanal de nove pontos percentuais. Na semana imediatamente anterior, o incremento de plantio havia sido de 11 pontos.

No caso do milho, foram semeados até o momento 79 por cento dos cerca de 352 mil hectares previstos, ganho de nove pontos na semana e menor ritmo desde o início do plantio, na virada de agosto para setembro. Conforme o Deral, na semana imediatamente anterior o avanço alcançara 12 pontos.

“Na última semana, tivemos chuvas em todo o Estado, em algumas regiões até temporais. Isso deu uma segurada em todo o plantio, em razão de um clima desfavorável”, afirmou o analista Edmar Gervásio, do Deral.

No entanto, ele disse que a umidade do solo está favorável para a continuidade dos trabalhos assim que o tempo ficar mais firme.

De acordo com o monitoramento do Agriculture Weather Dashboard, do Refinitv Eikon, nos últimos sete dias as chuvas ficaram acima da média nas porções sul e leste do Paraná, enquanto no oeste as precipitações bateram em quase 30 milímetros.

Para os próximos sete dias, a tendência é de que o Estado da região Sul observe novamente chuvas volumosas, com os acumulados ultrapassando a média em todas as áreas —no oeste, por exemplo, as precipitações tendem a superar 100 milímetros.

“Salvo uma condição adversa, vamos fechar tranquilamente (o plantio de milho) neste mês, até porque a área é muito pequena”, destacou Gervásio.

A semeadura de milho no Paraná está sensivelmente adiantada na comparação anual. Em igual momento de 2017, 54 por cento da área a ser ocupada com o cereal estava plantada.

No caso da soja, o plantio de agora também fica acima dos 34 por cento de um ano atrás.

Até o momento, 100 por cento das lavouras de soja e milho plantadas apresentam boas condições, conforme o Deral.

O departamento informou ainda que os produtores já colheram 62 por cento da área de trigo, avanço de 15 pontos na semana. Há um ano, as atividades atingiam 77 por cento do total.

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below