October 10, 2018 / 3:33 PM / 9 days ago

Arábia Saudita deve fornecer petróleo extra à Índia em meio a sanções ao Irã

CINGAPURA/NOVA DÉLHI (Reuters) - A Arábia Saudita, maior exportadora mundial de petróleo, fornecerá aos compradores indianos mais 4 milhões de barris de petróleo bruto em novembro, disseram várias fontes familiarizadas com o assunto nesta quarta-feira.

As cargas extras indicam uma disposição da Arábia Saudita para aumentar a oferta de petróleo para compensar o déficit, uma vez que as sanções dos Estados Unidos às exportações de petróleo do Irã, o terceiro maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), começam em 4 de novembro.

A Índia é o maior cliente de petróleo do Irã depois da China, embora várias refinarias tenham indicado que deixarão de usar barris iranianos por causa das sanções.

Reliance Industries (RELI.NS), Hindustan Petroleum (HPCL.NS) , Bharat Petroleum (BPCL.NS) e Mangalore Refinery Petrochemicals (MRPL.NS) estão buscando um adicional de 1 milhão de barris cada para novembro, provenientes da Arábia Saudita, disseram as fontes.

Três das empresas não responderam imediatamente a um e-mail da Reuters em busca de comentários. A Mangalore Refinery Petrochemicals preferiu não comentar o assunto.

A produtora de petróleo estatal Saudi Aramco não estava imediatamente disponível para falar sobre o caso.

Por Nidhi Verma, em Nova Délhi, Jessica Jaganathan e Florence Tan, em Cingapura

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below