October 10, 2018 / 11:03 PM / 2 months ago

C&A vê com "otimismo conservador" cenário para 2019

SÃO PAULO (Reuters) - A varejista de vestuário holandesa C&A planeja ampliar os investimentos no mercado brasileiro no próximo ano, com expectativa de colher resultados um pouco melhores que em 2018, disse o presidente da companhia no país, Paulo Correa, nesta quarta-feira.

“Nós trabalhamos com um cenário conservadoramente positivo. Em tese, vai ser um pouco melhor que em 2018”, afirmou Correa durante o evento do grupo de tecnologia VTEX, em São Paulo.

De acordo com ele, a empresa já tem oito novas lojas contratadas para 2019 e dará continuidade aos esforços de renovação de parte dos 280 pontos existentes. Em 2018, a C&A abriu mais de 60 unidades, incluindo reinaugurações, disse Correa.

Questionado sobre o desempenho da plataforma de comércio eletrônico da C&A no Brasil, lançada em 2015, o executivo ressaltou a companhia vem se empenhando para integração dos canais físicos e online. Atualmente, mais de 25 por cento das vendas pelo site são para retirada dos produtos em loja, segundo ele.

“A integração dos dois canais está cada vez mais sólida”, disse Correa, acrescentando que o próximo passo será implementar um projeto piloto para entrega de mercadorias a partir das lojas.

O executivo observou ainda que a C&A por enquanto não tem planos de aderir a marketplaces de terceiros. “Tem essa discussão, mas não está claro o valor disso”, afirmou. Segundo Correa, a companhia também não cogita neste momento abertura de capital no Brasil.

Por Gabriela Mello

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below