October 11, 2018 / 3:09 PM / 2 months ago

Ata de reunião do BCE destaca temores de crescimento de guerra comercial

FRANKFURT (Reuters) - As tensões do comércio global podem desacelerar ainda mais o crescimento da zona do euro e autoridades do Banco Central Europeu debateram no mês passado se deveriam rebaixar sua avaliação de risco, mostrou nesta quinta-feira a ata da reunião de setembro da autoridade monetária.

Mas as autoridades acabaram decidindo que a economia doméstica mostrava considerável resiliência, portanto os riscos para o crescimento permaneceram equilibrados, mesmo que alguns argumentassem que os fatores por trás da recente desaceleração podem não ser temporários, disse o BCE na ata da reunião de 13 de setembro.

O BCE manteve sua política inalterada, assim como o esperado, no mês passado, permanecendo no caminho de encerrar o esquema de compras de 2,6 trilhões de euros em títulos este ano e elevar as taxas de juros no próximo outono (no hemisfério norte), mesmo alertando que os riscos do protecionismo estão crescendo.

“Foi feita uma observação de que alguns dos fatores por trás das revisões (de crescimento descendente) podem não ser de natureza inteiramente transitória”, mostrou a ata. “Também foi argumentado que pode haver maiores contágios da demanda externa mais fraca para a demanda doméstica”.

As autoridades também concluíram que o impacto real das tensões comerciais tem sido limitado até agora, mesmo que ainda possa haver um impacto ao longo do tempo.

Por Balazs Koranyi

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below