October 12, 2018 / 8:12 PM / 9 days ago

Cafeicultores pedem ação da indústria para mitigar preços deprimidos

NOVA YORK (Reuters) - Cafeicultores de mais de 30 países enviaram nesta sexta-feira uma carta a executivos do setor, pedindo medidas imediatas depois que os preços caíram para uma mínima de quase 13 anos no mês passado.

“Escrevemos para expressar nossa mais profunda preocupação com a situação atual no mercado de café, que está gerando uma profunda crise econômica, social e potencialmente política, e causando inquietação entre os produtores de café em todo o mundo”, escreveu o Fórum Mundial de Produtores de Café em uma carta dirigida aos principais executivos do setor cafeeiro.

O fórum, composto por líderes de associações de cafeicultores de mais de duas dúzias de países, responde por cerca de 85 por cento da produção global.

Os preços do café arábica caíram para 92 centavos de dólar por libra em setembro, o menor patamar desde 2005 e muito abaixo do custo de produção em muitos países, após uma safra recorde no Brasil, maior produtor mundial da commodity.

Os produtores de café recebem hoje menos de um terço do preço de 1982, disse a carta. As 25 milhões de famílias que dependem do café globalmente estão enfrentando um “processo de pauperização que as leva a uma situação de miséria que é nada menos do que desumana”, acrescentou.

O Fórum Mundial de Produtores de Café procurou reuniões no mês passado com grandes clientes como Nestlé, Jacobs Douwe Egberts e Starbucks para encontrar maneiras de resolver a queda nos preços.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below