October 23, 2018 / 5:43 PM / 20 days ago

Exportação de alumina da China sobe para maior nível deste ano

PEQUIM (Reuters) - As exportações de alumina da China em setembro subiram mais de cinco vezes ante o volume embarcado em agosto, para 165.839 toneladas, de acordo com dados alfandegários divulgados nesta terça-feira, o maior nível mensal deste ano.

As exportações do mês passado superaram as 29.722 toneladas de agosto e cresceram 3,4 mil por cento ante igual período do ano passado, disse a Administração Geral da Alfândega chinesa.

A China, o maior produtor mundial de alumina, raramente exporta grandes volumes da matéria-prima do alumínio. Entretanto, produtores têm enviado mais cargas para o exterior neste ano, tentando tirar vantagem da diferença dos preços domésticos e internacionais, em meio a estoques globais apertados.

A produção global caiu depois de uma interrupção na refinaria de alumina da Norsk Hydro no Brasil e uma greve na Alcoa na Austrália, enquanto as sanções dos Estados Unidos sobre a United Company Rusal deixaram os compradores cautelosos de comprar da empresa.

Os preços internacionais da alumina tiveram alta de 30,6 por cento no terceiro trimestre, incentivando as exportações chinesas, mas recuaram 13,7 por cento neste mês depois que a greve na Alcoa terminou no fim de setembro e a Hydro disse que retomaria a metade da capacidade de produção do Brasil.

Por Tom Daly

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below