October 26, 2018 / 3:44 PM / 21 days ago

GPA vê contínuo ganho em participação de mercado com abertura de novas lojas, diz CEO

SÃO PAULO (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar (GPA) vem ganhando participação de mercado em todos os formatos e bandeiras desde abril e espera manter essa tendência positiva, com a inauguração de mais 11 unidades Assaí e 12 Compre Bem no quarto trimestre, além de revitalizações em lojas Pão de Açúcar e Extra, disseram nesta sexta-feira executivos da companhia.

Loja do Assaí, do GPA, em São Paulo 11/01/2017 REUTERS/Paulo Whitaker

“O último tri é extremamente sazonal, temos Black Friday e Natal, então é normalmente bastante competitivo e a companhia está preparada para participar desses eventos de modo forte”, afirmou o diretor presidente do GPA, Peter Estermann, durante teleconferência com analistas e investidores sobre o balanço do terceiro trimestre.

Na véspera, a varejista controlada pelo grupo francês Casino reportou lucro líquido consolidado de 138 milhões de reais no terceiro trimestre, superando em 37 por cento o montante apurado um ano antes, apoiada na alta de dois dígitos das receitas em meio à contínua firmeza da bandeira Assaí e à melhora nas demais operações da companhia.

No multivarejo, o plano de conversões e revitalizações das 187 lojas Super Extra avança conforme o planejado e o GPA vê potencial de transformar 50 por cento delas em Compre Bem e 50 por cento em Mercado Extra, segundo Estermann.

“Não temos nenhum interesse em não ter mais a marca Extra... O Mercado Extra é a revitalização do Super com menos capex”, explicou o executivo.

No caso da marca Pão de Açúcar, ainda faltam três lojas serem revitalizadas até o fim do ano, totalizando 20 reinaugurações desde 2017, segundo Marcelo Bazzali, diretor-executivo do Pão de Açúcar.

Para o Assaí, o foco será crescimento orgânico, com entrada em novas regiões e Estados, o que exigiu uma mudança no posicionamento de marketing da bandeira, destacou o presidente da divisão de atacarejo, Belmiro Gomes.

Para Gomes, a “volta discreta” da inflação alimentar vem favorecendo o reajuste de preços no atacarejo, mas é improvável que a margem bruta do Assaí ultrapasse a marca de 16 a 16,5 por cento.

“O Assaí tem pressão em margem com abertura de novas lojas, o que já estava contemplado no cálculo de guidance ao mercado e não vai afetar o ano nem expectativa para o quarto tri”, disse o executivo.

Por volta das 12:30, as ações do GPA cediam 0,66 por cento, cotadas a 79,24 reais, enquanto o Ibovespa subia 0,61 por cento. Em 2018, os papéis da companhia acumulam ganho de quase 2 por cento.

Por Gabriela Mello; Edição Paula Arend Laier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below