October 26, 2018 / 7:24 PM / 24 days ago

AgRural mantém previsão de safra de soja recorde no Brasil; vê aumento para milho

SÃO PAULO (Reuters) - A consultoria AgRural manteve inalteradas suas previsões recordes para a safra de soja 2018/19 do Brasil, com produção na casa de 120,3 milhões de toneladas e área de 35,8 milhões de hectares, enquanto relatou forte avanço no plantio da oleaginosa no país.

Trabalhadores em lavoura de soja em São Desidério, na Bahia 21/03/2018 REUTERS/Roberto Samora

Com o tempo colaborando e um crescimento de quase 2 por cento no plantio, a safra superaria em 1 milhão de toneladas a histórica temporada anterior, disse a AgRural, que considera uma tendência de produtividade média dos últimos anos na projeção.

Em boletim semanal, a consultoria disse que 46 por cento da área prevista já havia sido semeada até quinta-feira, ganho de 12 pontos em uma semana e acima tanto dos 30 por cento de um ano atrás quanto dos 28 por cento da média para o período.

A rapidez nos trabalhos, que estão no ritmo mais acelerado da história, é puxada pelo Centro-Oeste e pode fazer com que o Brasil, o maior exportador global da oleaginosa, tenha produto da nova safra já disponível ao final deste ano, caso a colheita também seja antecipada.

Mato Grosso já plantou 77 por cento da área, frente 43 por cento há um ano e 40 por cento na média nos últimos ciclos.

“No médio-norte e no oeste (de Mato Grosso), algumas áreas que estavam precisando de umidade receberam chuvas muito bem-vindas nos últimos dias”, disse a consultoria em seu relatório.

O plantio também avançou bem em Goiás e Mato Grosso do Sul, que chegaram juntos à marca de 62 por cento (ante médias de cinco anos de 20 e 40 por cento, respectivamente).

“Em Goiás, chuvas intercaladas por períodos de sol têm favorecido a semeadura e o desenvolvimento inicial das lavouras.”

“Em Mato Grosso do Sul, os produtores aproveitaram o tempo mais firme no início da semana para acelerar o plantio —que foi feito noite adentro em algumas regiões, para cobrir a maior área possível antes da volta das chuvas prevista pelos mapas meteorológicos”, afirmou a AgRural.

A consultoria notou ainda avanço de plantio em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Rondônia, Pará e nos Estados da fronteira agrícola Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia).

MILHO

A AgRural fez leves ajustes em suas previsões para a primeira safra de milho 2018/19 do Brasil. Agora aposta em semeadura de 2,928 milhões de hectares, ante 2,892 milhões na previsão anterior e 2,6 por cento acima do observado na safra passada. A produção deve totalizar 22 milhões de toneladas.

Somando-se às previsões da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para o Norte/Nordeste, a AgRural estima uma área de 5,12 milhões de hectares, com colheita de 28 milhões de toneladas, ante 26,8 milhões na temporada passada.

Conforme a AgRural, o plantio do chamado milho verão foi a 52 por cento da área até quinta-feira, alta de 4 pontos em uma semana e acima dos 46 por cento de uma ano atrás e dos 50 por cento da média das últimas cinco temporadas.

Por José Roberto Gomes

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below