November 7, 2018 / 3:14 PM / in 14 days

BMW tem lucro menor pressionado por despesas para novos lançamentos

Logo da BWM 03/10/2018 REUTERS/Regis Duvignau

FRANKFURT (Reuters) - A montadora alemã BMW vai ampliar cortes de custos, depois que maiores despesas de desenvolvimento contribuíram para uma queda de 27 por cento no lucro operacional do terceiro trimestre, ficando abaixo das expectativas dos analistas, já que os efeitos cambiais também pesaram.

Os investimentos para desenvolver carros elétricos e autônomos, bem como os gastos para impulsionar a produção dos novos modelos de luxo das séries X5, X7 e 8 pesaram sobre os lucros, enquanto tarifas entre China e Estados Unidos, bem como a guerra de preços na Europa já estavam erodindo as margens.

As despesas vão subir novamente no quarto trimestre, segundo a montadora, devido ao início da produção de uma nova versão de seu carro-chefe, a série BMW 3.

“Medidas adicionais serão necessárias para apoiar nossas metas de rentabilidade”, disse o vice-presidente financeiro, Nicolas Peter, em teleconferência de resultados, sem dar detalhes. “Apesar das condições difíceis, ainda estamos visando um fluxo de caixa livre de três bilhões de euros para o ano todo”, acrescentou.

O lucro da BMW antes de juros e impostos (Ebit) de 1,75 bilhão de euros ficou abaixo dos 1,8 bilhão de euros previstos em uma pesquisa da Reuters, já que os preços mais altos das matérias-primas, efeitos cambiais e 679 milhões de euros em provisões para recalls de veículos tiveram impacto.

Por Edward Taylor

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below