November 8, 2018 / 6:57 PM / 7 days ago

ONS não descarta bandeira verde na conta de luz após bom início de período de chuvas

Linhas de transmissão de energia em Brasília 31/08/2017 REUTERS/Ueslei Marcelino

RIO DE JANEIRO (Reuters) - Um retorno da conta de luz à bandeira tarifária verde, que não gera custo extra aos consumidores, não está descartado em dezembro, após um início favorável do período de chuvas na área das hidrelétricas brasileiras, que tradicionalmente começa em novembro, disse nesta quinta-feira o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Eduardo Barata.

Ele afirmou que a hidrologia está “promissora” e pode levar os reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste a superar 40 por cento de armazenamento ao final da época de chuvas, em abril, contra entre 19 por cento e 20 por cento no final do período seco.

As contas de luz estão atualmente com bandeira tarifária amarela, que gera custo extra de 1 real a cada 100 kilowatts-hora, após ficarem entre junho e outubro no patamar vermelho nível 2, que representa cobrança adicional de 5 reais a cada 100 kwh.

Por Rodrigo Viga Gaier

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below