November 16, 2018 / 2:02 PM / 25 days ago

ABB conversa com asiáticas sobre venda de negócio de redes elétricas, dizem fontes

ZURIQUE/FRANKFURT (Reuters) - A ABB está em conversas com a Hitachi Ltda e a Mitsubishi Electric Corp para vender totalmente ou parcialmente seu negócio de redes elétricas, disseram fontes com conhecimento do assunto à Reuters, o que levou a uma disparada nas ações da empresa suíça de engenharia.

Logo do grupo suíço ABB é visto em Baden, na Suíça 25/09/2017 REUTERS/Arnd Wiegmann

As ações chegaram a subir 4 por cento nesta sexta-feira, após as fontes dizerem que a ABB pode vender a unidade, em um negócio que poderia estar avaliado em cerca de 11 bilhões de dólares, incluindo dívidas.

O grupo suíço também começou negociações com a chinesa State Grid, disse uma das fontes, que afirmou que houve conversas entre o presidente da ABB, Ulrich Spiesshofer, e a liderança da elétrica oriental durante uma visita do executivo à China nesta semana.

Uma decisão pela venda do negócio de redes elétricas, que produz transformadores e subestações para transmissão de energia, seria uma virada para Spiesshofer, que há dois anos decidiu manter a unidade apesar de pedidos de acionistas para que ela fosse vendida.

A fraca performance da unidade tem pesado sobre os preços das ações da ABB, e embora ela tenha melhorado nos últimos dois anos, ainda tem a menor margem de lucros dentre os negócios da ABB, que também incluem robôs industriais e automação.

A ABB espera anunciar um acordo no final da próxima semana, disse uma das fontes, embora outras fontes tenham dito que um anúncio pode levar mais tempo.

A transação poderia ser estruturada como uma joint venture, com a ABB mantendo uma fatia no negócio, para o qual continuaria a vender componentes.

A companhia poderia devolver os recursos obtidos com a venda aos acionistas por meio de uma nova recompra de ações, ou utilizá-los para acelerar aquisições em seu negócio de automação.

A ABB recusou-se a comentar. Um porta-voz da Hitachi disse que a empresa não comenta negócios específicos. Uma porta-voz da Mitsubishi Electric disse que a companhia não foi procurada pela ABB para negociações.

Não foi possível contato com representantes da State Grid.

A venda dos negócios de redes elétricas poderia permitir à ABB focar em áreas mais lucrativas, como automação industrial, segundo analistas.

A unidade de redes elétricas emprega 36 mil pessoas e teve vendas de 10,4 bilhões de dólares no ano passado.

Por John Revill, Arno Schuetze, Oliver Hirt e Kane Wu; reportagem adicional de Taiga Uranaka em Tóquio

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below