November 20, 2018 / 11:08 PM / 20 days ago

Wall Street fecha em queda novamente por pressão de varejistas e ações de energia

NOVA YORK (Reuters) - As bolsas norte-americanas recuaram pelo segundo dia consecutivo nesta terça-feira, com as ações de energia acompanhando a queda do petróleo e os papéis de varejistas, como Target e Kohl, recuando após fracas previsões e lucros, alimentando as preocupações com o crescimento econômico.

O Dow Jones Industrial Average caiu 2,21 por cento, para 24.465,64 pontos, o S&P 500 recuou 1,82 por cento, para 2.641,89 pontos, enquanto o Nasdaq Composite fechou em queda de 1,7 por cento, para 6.908,82 pontos.

O Nasdaq fechou em seu nível mais baixo em mais de sete meses, enquanto o S&P 500 e o Dow terminaram em seu nível mais baixo desde o final de outubro, um dia após a Apple e outras ações de tecnologia e de internet recuarem, abalando ainda mais a confiança no grupo de ações que vinha impulsionando mercado.

As ações da Apple caíram 4,8 por cento nesta terça-feira, para o seu nível mais baixo desde o início de maio, com preocupações com a desaceleração da demanda por iPhones.

As ações da Target Corp caíram 10,5 por cento depois que o lucro do terceiro trimestre ficou aquém das estimativas dos analistas. Os investimentos da empresa em seus negócios online, salários mais altos e reduções de preços prejudicaram as margens.

A operadora de lojas de departamentos Kohl’s perdeu 9,2 por cento, depois que a previsão de lucro do ano caiu abaixo das expectativas.

“É o ajuste do mercado para o início de 2019, que parece diferente dos meses de 2018, em que cresceram as preocupações sobre o crescimento global. O crescimento dos EUA não está enfraquecendo drasticamente, mas desacelerando”, disse Quincy Krosby, estrategista-chefe de mercado da Prudential Financial em Newark, Nova Jersey.

As perdas do dia levaram o S&P 500 e o Dow para o território negativo no ano, com o Dow acumulando queda no ano de cerca de 1 por cento e o S&P 500 de 1,1 por cento.

O índice de energia S&P caiu 3,3 por cento e liderou as perdas setoriais. Os preços do petróleo nos EUA encerraram o dia com queda de 6,6 por cento em meio a preocupações com o aumento da oferta global. O índice de varejo S&P 500 perdeu 2,7 por cento em sua oitava sessão consecutiva de perdas.

“É uma combinação de todas as várias preocupações que se juntam para forçar os investidores a sair do mercado geral”, disse Robert Pavlik, estrategista-chefe de investimentos e gerente sênior de portfólio da SlateStone Wealth LLC, em Nova York.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below