November 22, 2018 / 6:31 PM / 24 days ago

GPA espera alta de pelo menos 10% em vendas durante Black Friday

SÃO PAULO (Reuters) - O Grupo Pão de Açúcar (GPA), uma das maiores redes de varejo alimentar do país, prevê crescimento anual de dois dígitos nas vendas das bandeiras Extra e Pão de Açúcar na Black Friday, que este ano acontece na sexta-feira, dia 23.

Carrinhos são empurrados na frente de supermercado Pão de Açúcar em São Paulo, Brasil 28/06/2011 REUTERS/Nacho Doce

“Estamos preparados para fazer dois dígitos altos, mas no mínimo 10 por cento será o crescimento... A Black Friday virou data fixa em nosso calendário promocional e todo ano nos surpreendemos positivamente nas vendas”, disse à Reuters o diretor comercial do GPA Alimentar, Jorge Faiçal, sem informar os volumes negociados pela empresa no ano passado.

Em 2017, o setor supermercadista do país faturou 2,9 bilhões de reais na semana da Black Friday, superando em 6,6 por cento o desempenho do mesmo intervalo de 2016 e em 44,5 por cento o resultado apurado em uma semana comum, de acordo com dados da empresa de pesquisa Nielsen.

O levantamento feito a pedido da Reuters também mostrou que o evento elevou em cerca de seis vezes o gasto médio por lar, enquanto o tíquete médio em hipermercados teve alta de 34 por cento na semana.

No caso do GPA, Faiçal ressaltou que o grupo conta este ano com estoques mais elevados que em 2017 e também ampliou os investimentos para que os sites suportem um tráfego maior de usuários. “Nesse dia batemos recorde de transações de cartão de crédito por minuto, por isso nos preparamos com antecedência”, disse o diretor comercial, acrescentando que os aplicativos Clube Extra e Pão de Açúcar Mais trarão ofertas adicionais e personalizadas ao perfil do cliente.

A varejista controlada pelo francês Casino vai antecipar a abertura das lojas Pão de Açúcar para 6h da manhã de sexta-feira, exceto em shoppings, onde a operação tem horário de funcionamento distinto. No caso do Extra, as ofertas terão início nos hipermercados a partir das 20h desta quinta-feira.

Segundo Faiçal, o GPA não recorrerá tanto a contratações temporárias, já que deslocará 1.120 funcionários da sede para reforçar equipes em pontos físicos.

Fora o segmento de eletroeletrônicos, que ainda é o carro-chefe durante a Black Friday, o executivo do GPA destacou a categoria de bebidas, incluindo cervejas especiais, vinhos e destilados. “A venda de destilados cresce de 30 a 40 vezes mais em relação a um dia normal...Praticamente a venda de um mês todo acontece em um dia”, comentou.

Produtos sazonais e importados também se sobressaem na Black Friday. “Muita gente aproveita e antecipa as compras de Natal, como panetones, bacalhau, aves natalinas congeladas, caixas de bombom e chocolates”, adicionou Faiçal.

Questionado sobre o impacto da maior atividade promocional nas margens de lucro da empresa no quarto trimestre, o diretor comercial do GPA disse que será “leve” e já estava orçado.

Em 2018, as ações do GPA acumulam alta de quase 4 por cento, enquanto as do rival Carrefour Brasil já subiram mais de 9 por cento.

O concorrente do GPA também informou que está preparado para Black Friday, com campanhas promocionais integradas nos hipermercados, supermercados e lojas de proximidade, válidas tanto para o site quanto para os pontos físicos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below