November 22, 2018 / 9:57 PM / a month ago

Juros podem subir mais se Brexit ocorrer sem problemas, diz Saunders, do Banco da Inglaterra

Banco da Inglaterra em distrito financeiro de Londres 23/9/2018 REUTERS/Henry Nicholls

LONDRES (Reuters) - O Banco da Inglaterra provavelmente precisaria elevar as taxas de juros mais rapidamente do que esperam os investidores se o Reino Unido conseguir uma saída sem problemas da União Europeia, embora as implicações do Brexit permaneçam pouco claras para o banco central da ilha, disse Michael Saunders, membro votante do comitê de política monetária da instituição.

O Reino Unido deve deixar a UE, seu principal parceiro comercial, em pouco mais de quatro meses e a primeira-ministra Theresa May está lutando para obter o apoio de seu Partido Conservador para o acordo de saída que ela negociou com Bruxelas.

Saunders disse que um acordo do Brexit iria impulsionar a economia do Reino Unido e provavelmente justificaria altas adicionais de juros.

“Meu próprio palpite é que, condicionado aos nossos pressupostos sobre o Brexit, a pressão de capacidade vai provavelmente crescer mais rapidamente do que previsto nas projeções de nosso último relatório de inflação, reforçando a pressão de alta no crescimento de salários”, disse ele, em um discurso para líderes corporativos em Bath, no sudeste da Inglaterra.

“Neste caso, nós provavelmente precisaríamos voltar a algo como uma postura neutra antes do que o indicado pela curva de rendimentos atual.”

Os mercados financeiros precificaram a possibilidade de uma nova alta de juros pelo BoE no fim de 2019.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below