November 23, 2018 / 9:13 PM / 24 days ago

MT terá quase 5% da soja da nova safra já colhida no início de janeiro, estima Imea

SÃO PAULO (Reuters) - O Mato Grosso deverá ter quase 5 por cento da sua produção total projetada de soja já colhida no primeiro terço de janeiro, contra cerca de 1 por cento no mesmo período da safra anterior, à medida que o Estado executou o plantio mais rápido da história favorecido por boas condições climáticas, avaliou o instituto de análises Imea.

O índice deverá representar aproximadamente 1,5 milhão de toneladas da oleaginosa, de uma safra total projetada pelo Imea em 32,4 milhões de toneladas, o que deve aliviar um pouco o mercado, que estará enfrentando uma situação de estoques praticamente zerados após exportações recordes neste ano.

O início da colheita precocemente em Mato Grosso, maior produtor brasileiro de soja, pode ser boa notícia também para a China, maior importador global, que no momento está em disputa comercial com os Estados Unidos, tradicionalmente o principal concorrente do Brasil no mercado de exportação da oleaginosa.

“Potencialmente, pode estar perto de 5 por cento do total colhido... Teria uns 450 mil hectares colhidos”, disse à Reuters o superintendente do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), Daniel Latorraca, lembrando que o Estado havia colhido 1,3 por cento da área quando o Imea divulgou sua primeira estimativa de colheita da safra passada, com base em 12 de janeiro.

O Imea divulgou nesta sexta-feira o seu boletim de plantio, mostrando que os trabalhos estão praticamente finalizados.

Segundo ele, os dados apontam que a colheita de Mato Grosso poderá ter início entre os dias 20 e 21 de dezembro, nas regiões oeste e sudoeste, que plantam antes para fazer uma segunda safra de algodão.

Mas, até o final de dezembro, ele acredita que o volume colhido seja pequeno, ficando em torno de 1 por cento.

Questionado se as primeiras colheitas iriam para a indústria local ou exportação, ele disse que é difícil afirmar no momento. Mas arriscou que potencialmente as cargas seriam tomadas por exportadores.

O rápido plantio em Mato Grosso está impulsionando a média dos trabalhos no Brasil.

Segundo informou nesta sexta-feira a consultoria AgRural, o plantio da safra de soja 2018/19 no Brasil alcançou nesta semana 89 por cento dos 35,8 milhões de hectares estimados para o país, ante 84 por cento nesta época na temporada passada.

Analistas apontaram nesta semana que a safra está se desenvolvendo muito bem, tendo o melhor início da história, nas palavras da Agroconsult, que vê potencial para o Brasil produzir até 129 milhões de toneladas.

Por Roberto Samora

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below