November 27, 2018 / 5:55 PM / 18 days ago

Índices europeus recuam com Trump reacendendo temores de guerra comercial

MILÃO (Reuters) - Os mercados acionários europeus recuaram nesta terça-feira depois que uma nova ameaça de Washington de impor mais tarifas sobre produtos chineses e temores de que uma guerra comercial poderia se espalhar pela Europa depois de uma notícia na Alemanha sobre possíveis novos impostos sobre carros importados nos EUA.

Operadores durante pregão na Bolsa de Frankfurt, na Alemanha 21/11/2018 REUTERS/Staff

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou com queda de 0,2 por cento, recuando da máxima de uma semana atingida na véspera com o otimismo sobre o Brexit e possível acordo sobre o Orçamento italiano com Bruxelas.

“A positividade que começou a semana não estava em lugar nenhum terça-feira, com Donald Trump jogando mais lenha na fogueira da guerra comercial, ao mesmo tempo em que soltava comentários que não ajudam sobre o Brexit”, disse Connor Campbell, analista na Spreadex.com.

O presidente dos EUA disse que espera elevar tarifas sobre 200 bilhões de dólares em importações chineses para 25 por cento, ante 10 por cento atualmente, e repetiu a ameaça de impor tarifas sobre todas as importações remanescentes da China.

Os índices acionários dos EUA caíam nesta terça-feira conforme se perdiam as esperanças de solução da disputa comercial na cúpula do G20.

Acrescentando temores na escalada, a revista alemã Wirtschaftswoche publicou que um relatório de investigação do Departamento de Comércio dos EUA estava sobre a mesa de Trump e que o presidente poderia tomar uma decisão sobre novos tributos sobre carros importados depois do encontro do G20 em Buenos Aires.

As ações de montadoras europeias lideraram as perdas com uma queda de 2,5 por cento e o alemão DAX, visto como proxy da guerra comercial pela forte presença de exportadores, teve perda de 0,4 por cento.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,22 por cento, a 1.407 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,27 por cento, a 7.016 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,40 por cento, a 11.309 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,24 por cento, a 4.983 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,43 por cento, a 19.150 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,06 por cento, a 9.085 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,51 por cento, a 4.836 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below