November 28, 2018 / 6:22 PM / 16 days ago

Trump estuda tarifas sobre importação de veículos nos EUA após reestruturação na GM

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, durante evento no Estado do Mississipi 26/11/2018 REUTERS/Kevin Lamarque

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que tarifas de importação de veículos “estão sendo estudadas”, após a General Motors ter anunciado um plano para milhares de demissões e fechamento de fábricas no país.

Trump afirmou no Twitter que a tarifa de 25 por cento sobre picapes importadas e vans comerciais produzidas em mercados fora da América do Norte, criada na década de 1960, há muito tempo tem impulsionado a produção de veículos dos EUA.

“Se fizermos isso nos carros que estão vindo, muitos carros a mais serão montados aqui”, disse Trump. “E a GM não vai fechar suas fábricas em Ohio, Michigan e Maryland”, acrescentou.

Os EUA atualmente têm uma tarifa de 2,5 por cento sobre carros importados e utilitários esportivos de mercados fora da América do Norte e Coreia do Sul.

A GM não comentou diretamente os tuítes de Trump, mas reiterou que está comprometida em investir nos EUA. Na segunda-feira, a companhia afirmou que vai fechar cinco fábricas na América do Norte, parar de produzir seis veículos de passeio na região e eliminar 15 mil empregos.

“O presidente tem grande poder sobre esta questão. Por causa do caso da GM, isso está sendo estudado agora!”, escreveu Trump.

Por David Shepardson e Susan Heavey

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below