November 28, 2018 / 10:27 PM / in 2 months

Wall Street sobe com sinais de Powell de que alta de juros pode ser menor

NOVA YORK(Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Jerome Powell, deu um impulso nos mercados acionários dos EUA nesta quarta-feira ao dizer que a taxa de juros está agora “pouco abaixo” de um nível que não freia nem estimula uma economia saudável, em comentários que muitos avaliaram como sinal de que o ciclo de três anos de alta de juros está chegando ao fim.

O Dow Jones subiu 2,5 por cento, para 25.366 pontos, o S&P 500 ganhou 2,3 por cento, para 2.743 pontos e o Nasdaq teve alta de 2,95 por cento, para 7.291 pontos.

O S&P 500 e o Dow registraram seus maiores ganhos percentuais em oito meses, enquanto o Nasdaq teve o maior avanço em pouco mais de um mês após o discurso de Powell no Clube Econômico de Nova York.

Powell disse que “nosso ritmo gradual de aumento dos juros tem sido um exercício de balanceamento de riscos”.

Mais cedo, em seu primeiro relatório de estabilidade financeira, o Fed alertou sobre tensões comerciais, Brexit e mercados emergentes problemáticos que poderiam abalar um sistema financeiro dos EUA onde os preços de ativos estão “elevados”.

“(Powell está) reconhecendo agora que ele está próximo do neutro, o que sugere talvez não tantas altas de juros no futuro como investidores acreditavam”, disse Jack Ablin, chefe de investimentos na Cresset Wealth Advisors. “É certamente uma mudança na linguagem bem-vinda para investidores.”

O Departamento de Comércio afirmou que os PIB dos EUA cresceu a um ritmo de 3,5 por cento ao ano no terceiro trimestre, mas o déficit comercial de produtos se ampliou, os gastos dos consumidores foram revisados para baixo e as vendas de novas moradias despencaram, sugerindo a formação de nuvens sobre o que é hoje a segunda maior expansão econômica da história.

Dos 11 maiores setores do S&P 500, todos exceto concessões fecharam no positivo. Tecnologia e consumo tiveram as maiores altas percentuais, cada um avançando mais de 3 por cento.

Por Stephen Culp; reportagem adicional de Noel Randewich e Sinead Carew

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below