January 3, 2019 / 9:07 AM / 17 days ago

Democratas buscam pressionar com projeto de lei para acabar com paralisação, mas Trump não deve aceitar

Líder democrata no Senado, Chuck Schumer, concede entrevista ao lado da líder democrata na Câmara, Nancy Pelosi, e outros parlamentares do partido, após reunião na Casa Branca com o presidente Donald Trump, em Washington 02/02/2019 REUTERS/Carlos Barria

Por Ginger Gibson e Amanda Becker

WASHINGTON (Reuters) - Em sua primeira ação no controle da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, os democratas planejam aprovar um projeto de lei nesta quinta-feira para acabar com uma paralisação federal sem financiar um muro na fronteira com o México, tentando responsabilizar o presidente Donald Trump e seus republicanos pelos 13 dias paralisados.

A aprovação do projeto de lei pela nova maioria democrata é esperada para pouco depois de Nancy Pelosi ser eleita presidente da Câmara.

Mas o líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, afirmou na quarta-feira que sua Casa, ainda nas mãos dos republicanos, não votará a legislação.

A exigência de Trump de um financiamento de 5 bilhões de dólares para um muro ao longo da fronteira entre os EUA e o México provocou uma paralisação que está afetando cerca de um quarto do governo federal e 800 mil funcionários federais.

Reportagem de Ginger Gibson e Amanda Becker

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below