January 14, 2019 / 6:54 PM / 3 months ago

Bolsas europeias recuam após dados de comércio da China; ações de luxo caem

LONDRES (Reuters) - Os dados de comércio inesperadamente fracos da China interromperam uma sequência de quatro dias de alta dos índices acionários europeus nesta segunda-feira, em queda puxada pelo recuo das ações de produtos de luxo e tecnológicos, com os investidores preocupados com a desaceleração do crescimento global e com os resultados corporativos mais fracos do que o esperado.

4/10/2018. REUTERS/Lisi Niesner

O índice pan-europeu STOXX 600 perdeu 0,48 por cento, a 348 pontos, revertendo parte dos ganhos da semana passada, em que os índices atingiram a máxima de um mês. O mercado registrou quatro dia consecutivos de ganhos, sua maior sequência de altas desde novembro.

Os varejistas de artigos de luxo, que dependem da procura por bolsas e jóias da crescente classe média chinesa, sentiram o peso das vendas.

LVMH, Hermes e a proprietária da Gucci, Kering estavam entre as maiores quedas em Paris, com recuo entre 1,6 por cento e 2,6 por cento, enquanto a Moncler, em Milão, recuou 2,7 por cento. Na média, um terço do setor de luxo está exposto à demanda chinesa.

A joalheria dinamarquesa Pandora recuou 6 por cento, nas mínimas do STOXX 600, depois de ter tido seu preço-alvo reduzido pelo Morgan Stanley. A Burberry resistia à tendência, ganhando força depois de uma melhora no rating da empresa pelo Bank of America para “neutro”, de “underperform”.

As exportações da China encolheram 4,4 por cento na em dezembro na comparação anual, enquanto as importações recuaram 7,6 por cento, indicando maior fraqueza na segunda maior economia em 2019 e deterioração da demanda global.

Adicionou nervosismo ao mercado o início da temporada de resultados do quarto trimestre nesta segunda-feira, com o Citi sendo o primeiro a divulgar os números.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,55 por cento, a 1.366 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,91 por cento, a 6.855 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,29 por cento, a 10.855 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,39 por cento, a 4.762 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,61 por cento, a 19.171 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,66 por cento, a 8.818 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,16 por cento, a 4.950 pontos.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below