January 16, 2019 / 10:22 AM / in a month

IGP-10 tem queda de 0,26% em janeiro com maior pressão nos preços para consumidor, diz FGV

Banca de frutas em feira de São Paulo 09/12/2015 REUTERS/Paulo Whitaker

SÃO PAULO (Reuters) - O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) iniciou o ano com queda de 0,26 por cento em janeiro, depois de recuar 1,23 por cento em dezembro, diante de uma maior pressão sobre os preços para o consumidor e queda mais fraca no atacado, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira.

Em janeiro, o Índice de Preços ao Produtor Amplo-10 (IPA-10), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60 por cento do índice geral, registrou queda de 0,59 por cento, após cair 1,83 por cento no mês anterior.

No IPA, o os preços dos Bens Finais passaram a subir 0,57 por cento, depois de recuarem 0,68 por cento em dezembro. O subgrupo combustíveis para consumo desacelerou a queda a 1,15 por cento em janeiro, ante recuo de 14,07 por cento no mês anterior.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10), que responde por 30 por cento do índice geral, por sua vez, teve no primeiro mês do ano alta de 0,45 por cento, contra recuo de 0,09 por cento em dezembro.

Nesta apuração, o destaque foi o grupo de Habitação, que passou a subir 0,27 por cento, de uma queda de 0,53 por cento em dezembro.

O Índice Nacional de Custo da Construção-10 (INCC-10) acelerou a alta a 0,29 por cento, de 0,12 por cento em dezembro.

O IGP-10 calcula os preços ao produtor, consumidor e na construção civil entre os dias 11 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Por Stéfani Inouye

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below