January 16, 2019 / 2:37 PM / in a month

Mercado de gasolina na Ásia caminha para excesso de oferta com novas refinarias

CINGAPURA (Reuters) - O aumento na oferta de gasolina deve superar o crescimento da demanda este ano na Ásia, à medida que novas refinarias que começam a operar na Malásia, China e Brunei provocam uma “inundação” do combustível e de nafta no mercado.

Apenas três novas unidades de processamento na Malásia e na China provavelmente adicionarão cerca de 235 mil barris por dia (bpd) de gasolina ao mercado quando estiverem totalmente operacionais, com base nas estimativas das empresas e em duas fontes do setor.

Essas instalações são projetadas para produzir a maior quantidade possível de nafta para uso na fabricação de petroquímicos.

Ao focar no nafta, as refinarias produzirão simultaneamente uma “onda” de gasolina em um momento de estoques volumosos, queda na demanda e margens de lucro negativas para o combustível.

“Temos grandes volumes de capacidade de refino voltados para a produção de gasolina ou nafta que estão entrando em operação no leste de Suez este ano”, disse Michael Dei-Michei, chefe de pesquisa da consultoria JBC Energy.

“Por essa razão, esperamos que o crescimento da oferta de gasolina supere o crescimento da demanda em cerca de 200 mil bpd em média em 2019”, disse Dei-Michei, acrescentando que o mercado asiático de gasolina está passando de uma situação essencialmente de equilíbrio para uma sobreoferta, ao menos no próximo ano.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below