January 18, 2019 / 10:02 PM / 5 months ago

Petroleiras dos EUA fazem maior corte em número de sondas em 3 anos, diz Baker Hughes

(Reuters) - As petroleiras dos Estados Unidos tiraram 21 sondas de perfuração de operação nesta semana, o maior corte desde fevereiro de 2016, conforme empresas foram reagindo à queda de 40 por cento nos preços do petróleo nos EUA no final do ano passado.

A contagem total de sondas, com isso, caiu para 852, o menor nível desde maio de 2018, disse a empresa de serviços Baker Hughes, da GE, em seu esperado relatório semanal nesta sexta-feira.

Muitas das sondas retiradas estavam na bacia de Permian, no Texas e no Novo México, a maior formação de “shale” dos Estados Unidos, onde a contagem de equipamentos caiu em sete unidades nesta semana, para 481, menor nível desde agosto.

Os preços do petróleo tiveram uma derrocada no quarto trimestre de 2019, com os futuros dos EUA caindo de uma máxima de quase quatro anos de 76,90 dólares no início de outubro para uma mínima de 18 meses de 42,36 dólares em dezembro.

O movimento forçou algumas empresas a reconsiderar planos de investimentos, e há uma preocupação de que os preços sigam baixos o suficiente para restringir novos aportes.

Ainda assim, a contagem de sondas nos EUA, um indicador prévio da produção futura, ainda segue bem acima do nível registrado há um ano, quando 747 sondas estavam ativas.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below