January 23, 2019 / 12:26 PM / a month ago

Dólar opera com pouca variação ante real mesmo após Guedes cancelar participação em Davos

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar seguia operando com pouca variação ante o real nesta quarta-feira, mesmo após o cancelamento da fala do ministro da Economia, Paulo Guedes, no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

Notas de real e dólar em casa de câmbio no Rio de Janeiro, Brasil 10/09/2015 REUTERS/Ricardo Moraes

Às 15:18, o dólar recuava 0,25 por cento, a 3,7962 reais na venda, após terminar o pregão anterior com alta de 1,25 por cento, a 3,8057 reais. O dólar futuro operava em queda de cerca de 0,6 por cento.

O mercado não reagiu fortemente ao cancelamento da participação de Guedes, Bolsonaro e outros ministros em Davos, após uma manhã de expectativa de sinalizações do ministro da Economia.

Simultaneamente, os mercados norte-americanos tiveram uma piora após iniciarem em alta, avaliou o operador da H.Commcor, Cleber Alessie Machado.

“Acho que a gente tem que primeiro considerar que, enquanto ocorreu esse cancelamento, em paralelo os mercados norte-americanos pioraram um pouco, acabou coincidindo com essa deterioração parcial dos mercados lá fora”, afirmou à Reuters.

Desde segunda-feira, o mercado está concentrado nas participações da comitiva brasileira no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

Após um discurso genérico do presidente Jair Bolsonaro na véspera, que pode ter frustrado expectativas, investidores aguardavam a fala de Paulo Guedes em busca de sinalizações sobre a reforma da Previdência.

Por volta das 13h40 (no horário de Brasília), a entrevista com os ministros acabou sendo cancelada, após um anúncio anterior de que apenas Bolsonaro não participaria.

“Acredito que houve participantes do mercado que se decepcionaram com esse cancelamento, mas não acredito que signifique algo ruim ou negativo em termos efetivos. Pode ter trazido alguma frustração pontual... Talvez algumas negociações montadas para um discurso animador foram devolvidas”, avaliou Alessie Machado.

Na visão da estrategista de câmbio do Banco Ourinvest, Fernanda Consorte, a reunião entre Guedes e alguns investidores estrangeiros na véspera pode ter sido suficiente para “passar a mensagem”.

“A mensagem de certa forma foi passada, isso acaba influenciando mais do que a visão negativa do cancelamento... O que foi falado ontem pode ter sido suficiente para explicação do tema das reformas para investidores”, ponderou Fernanda.

No cenário exterior, o S&P 500 e Nasdaq reverteram o curso da abertura e passaram a cair devido a perdas nos setores de saúde e financeiro, enquanto o Dow Jones permanecia com leve alta impulsionado por resultados positivos de IBM, United Technologies e Procter & Gamble

O mercado acompanha também a guerra comercial entre EUA e China, que ganhou um novo capítulo na quarta-feira com uma declaração de um assessor econômico da Casa Branca de que pode haver um acordo até 1º de março.

O Banco Central vendeu nesta sessão 13,4 mil contratos de swap cambial tradicional, equivalente à venda futura de dólares. Desta forma, rolou 10,72 bilhões de dólares do total de 13,398 bilhões de dólares que vencem em fevereiro.

Se mantiver essa oferta diária e vendê-la até o final do mês, terá feito a rolagem integral.

Por Laís Martins

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below