February 1, 2019 / 9:45 AM / in 5 months

Criação de vagas de trabalho nos EUA deve ter desacelerado em janeiro

WASHINGTON (Reuters) - A criação de vagas de trabalho nos Estados Unidos desacelerou em janeiro após o aumento relacionado ao clima em dezembro, mas o ritmo de contratações provavelmente permanece rápido o suficiente para sustentar a economia em meio à piora das perspectivas.

O Departamento do Trabalho publicará seu relatório mensal de emprego nesta sexta-feira, dois dias depois de o Federal Reserve ter sinalizado que sua campanha de altas de juros de três anos pode estar acabando devido ao aumento dos obstáculos para a economia.

Ele também será publicado ao final da primeira semana de retorno ao trabalho para centenas de milhares de trabalhadores federais após a recente paralisação parcial do governo. A paralisação de 35 dias pode complicar o relatório mas não deve ter um efeito duradouro sobre o emprego ou a economia dos EUA.

A criação de vagas fora do setor agrícola provavelmente chegou a 165 mil no mês passado, de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas, após 312 mil postos de trabalho criados em dezembro —maior número em 10 meses.

O ganho esperado de empregos ficaria acima dos cerca de 100 mil por mês necessários para acompanhar o crescimento da população em idade de trabalhar.

“A economia está em boa forma, na maior parte”, disse Joel Naroff, economista-chefe do Naroff Economic Advisors.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below